O que são os tecidos tecnológicos?

O que são os tecidos tecnológicos?

Você já ouviu falar dos novos tecidos tecnológicos que estão sendo fabricados atualmente? Mesmo parecendo coisa de filme, esses tecidos já fazem parte do cotidiano das pessoas e atuam como uma segunda pele que tem a função de proteger, ser resistente e repelir elementos.

Esses tecidos podem ser utilizados para criar uma t-shirt antimicrobiana, por exemplo, que ajudam a pessoa que a utiliza a ficar protegida contra microorganismos que podem fazer mal à saúde. Mas existem vários outros tipos de tecidos tecnológicos que prometem revolucionar a indústria têxtil.

Neste artigo você confere mais sobre o que é esses tecidos, os tipos principais que existem e que benefícios eles trazem para as pessoas.

O que são os tecidos tecnológicos?

Os tecidos tecnológicos são fibras que passaram por uma modificação que deixaram elas aprimoradas para realizar mais funções para o consumidor como, por exemplo, proteger contra os raios solares.

Elas surgiram a partir do avanço da tecnologia na indústria têxtil, que fez com que as microfibras surgissem nos anos 1970. Essa fibra sintética é conhecida por ter uma espessura mais fina, como um fio de cabelo, o que ajuda a trazer mais qualidade para o tecido.

Com a microfibra é possível acrescentar outras funções ao fio como proteção solar e propriedades antibacterianas, fazendo com que cada tecido possa ser aprimorado de formas diferentes para fazer com que o consumidor tenha uma qualidade melhor de vida.

Benefícios dos tecidos tecnológicos

As peças feitas utilizando tecidos tecnológicos conseguem ter mais funcionalidades além de promover estilo. A seguir você conhece as principais vantagens que o consumidor ganha ao adquirir roupas com um tecido aprimorado.

Protege contra raios UV

Um dos principais benefícios que os tecidos tecnológicos trazem é a proteção contra os raios solares. Para isso, os tecidos passam por um tratamento químico que garante que a peça pronta consiga ter um fator 50 de proteção. As pessoas que trabalham ao ar livre ou que fazem caminhadas e exercícios ao sol podem se beneficiar desse importante aspecto do tecido.

Regula a temperatura

Os tecidos podem contar com uma tecnologia termodinâmica, que ajuda a equilibrar a temperatura corporal de quem a utiliza, fazendo com ela consiga refrescar no calor e esquentar no frio.

Repele líquidos

Muitos tecidos vem com a capacidade de serem impermeáveis, o que garante que quando o líquido entra em contato com a peça ele não seja absorvido e sim repelido pela mesma. Dessa forma a roupa se torna muito prática de ser utilizada durante exercícios físicos, por exemplo, e também ajuda para que a peça não manche com tanta facilidade.

Anti odor

Outro grande benefício do tecido tecnológico é que ele pode ser antibacteriano, o que faz com que ele não pegue odor de pequenos organismos, evitando assim que a peça fique com mau cheiro, que muitas vezes são causados pelo suor.

Resistentes

As roupas feitas com tecidos tecnológicos conseguem ter uma vida útil maior, pois elas não se desgastam com as lavagens feitas e também não formam peeling, que é o processo onde as fibras do fio ficam mais propensas a se soltarem. Além disso, ele também ajuda para que a peça não desbote e continue com a sua cor original mesmo após diversas lavagens.

Sustentável

Além de todos esses benefícios, os tecidos tecnológicos também promovem a sustentabilidade, pois tem um processo de fabricação mais eficiente e pensado no impacto gerado ao meio ambiente.

Tipos de tecidos tecnológicos

Existem diversos tipos de tecido tecnológicos, mas aqui vamos citar os três que são mais fáceis de encontrar em peças de roupas, confira!

Tecido antimicrobiano

Esse tipo de tecido foi criado durante a pandemia, com a ideia de ajudar a neutralizar o avanço do novo coronavírus. Para fazer isso são aplicados íons de prata que conseguem neutralizar o vírus quando ele entra em contato com o tecido.

Isso acontece porque os íons de prata, quando são reduzidos em escala nanométrica, conseguem aumentar o seu poder germicida, ajudando assim a combater não só o coronavírus, mas diversos outros tipos de vírus que existem.

Tecido antibacteriano

Os tecidos antibacterianos são aqueles que conseguem impedir a reprodução das bactérias do suor, que causam mau cheiro e deixam as peças úmidas, pois apresentam um nível maior de absorção e evaporação do líquido.

Dessa forma, esse tipo de tecido consegue ser anti suor, anti odor e também ajuda a controlar a temperatura corporal, além de possuir uma alta durabilidade e uma produção totalmente sustentável, pois ela utiliza menos água que roupas de algodão.

Tecido anticelulite

E por fim temos essa nova tecnologia em tecidos que chama a atenção pela sua capacidade de reduzir as celulites. Ele faz isso a partir de bioativos que conseguem absorver o calor corporal e transformá-los em raios vermelhos que, por sua vez, conseguem melhorar a circulação sanguínea.

Dessa forma as celulites conseguem ser reduzidas junto com a fadiga muscular, tornando esse tipo de tecido ótimo para se utilizar na prática de esportes.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.