Cores para escritórios e ambientes corporativos

Cores para escritórios e ambientes corporativos

Saiba quais cores tornam o ambiente mais agradável e causam uma boa impressão nos clientes

Um local de trabalho agradável, além de estimular a boa convivência entre os funcionários, coopera com o aumento da produtividade e causa uma boa impressão para os clientes que visitam a empresa.

O sentimento que o ambiente transmite está diretamente associado a fatores visuais, como móveis para escritório, os itens decorativos e as cores.

Enquanto as cores possuem propriedades que ativam áreas do cérebro que influenciam a maneira como as pessoas se sentem em determinado espaço, os móveis, a depender do tipo de acabamento, transmitem uma mensagem de conforto e beleza.

Diante disso, tratando-se de um ambiente corporativo, é ainda mais importante fazer as melhores escolhas. Pensando nisso, desenvolvemos este artigo com foco nas cores para escritórios. Confira!

Perguntas Frequentes

Efeito psicológico das cores

A decoração de uma empresa vai muito além das tendências e do requinte. Ela precisa ser baseada na funcionalidade e na sensação que o negócio pretende causar nos frequentadores.

Cada cor tem o poder de provocar sensações e impressões diferentes nas pessoas. O efeito psicológico que as cores causam está ligado às ações estimuladas pelo contato visual.

Veja a seguir a influência das cores mais usadas no ambiente corporativo: 

Tons neutros escuros

Os tons neutros mais escuros têm um ar mais consistente e sólido. O preto, por exemplo, transmite um ar de sofisticação, porém, quando usado em grandes medidas, pode deixar o clima do ambiente um pouco pesado.

Tons neutros claros

Além de causar a sensação de um espaço maior, os tons neutros mais claros transmitem um sentimento de calmaria. Entretanto, quando usados em excesso, podem passar uma sensação de distância e frieza.

Azul

Os tons mais claros de azul transmitem serenidade interior, além de deixarem o ambiente mais leve. Já os mais escuros, ajudam na concentração. No entanto, não cometa exageros, uma vez que pode tornar o ambiente triste e monótono.

Verde

O verde transmite tranquilidade, além de trazer a ideia de refrescância. Entretanto, os tons escuros devem ser usados cuidadosamente para não deixar o ambiente triste e depressivo.

Laranja

O laranja é uma cor vívida, sofisticada e alegre. Está associada ao entusiasmo, à iniciativa e à alegria.

Rosa

O rosa é uma cor feminina, relaxante e delicada, no entanto, se não houver equilíbrio, pode remeter a algo mais infantil. Por isso, o ideal é usá-la somente em detalhes ou em negócios que atuam em ramos mais informais.

Vermelho

O vermelho é uma cor motivadora, intensa e dinâmica. Desperta ações e, por esse motivo, deve ser usada moderadamente, uma vez que seu excesso pode deixar o ambiente muito agitado.  

A função de cada espaço deve ser considerada

Uma mesma empresa pode ser mais básica nas cores de determinados ambientes e ousar mais em outros.

No entanto, é importante entender qual é a proposta de cada espaço para, então, escolher a proporção e as possíveis combinações das cores.

Vale ressaltar que as decisões devem ser tomadas de forma coerente com o projeto visual.

Partindo do ponto que a área de convivência dos colaboradores, por exemplo, deve seguir uma linha mais descontraída, aposte em móveis e paredes com uma paleta de cores mais viva e diversificada.

Já a sala de reunião com clientes pode ser um espaço mais básico, com cores fortes somente nos detalhes. Se a empresa trabalha com ideias, o amarelo pode ser considerado em pontos mais visíveis.

Coerência é fundamental

As opções de cores e de combinações são muitas. Como já mencionado anteriormente, cada uma consegue despertar sensações e influenciar o modo como as pessoas vêem sua empresa. Por isso, é importante agradar não somente os clientes, mas também os colaboradores.

Outro ponto que deve ser considerado diz respeito à fidelidade com o perfil da sua marca. Se o negócio é mais descontraído e apresenta um desenho mais moderno, investir em apenas uma paleta de cores não valerá muito a pena. Nesse caso, faça escolhas que demonstram as qualidades da empresa. 

Já se o negócio é mais formal, ousar nos tons de cores mais vibrantes pode não ser uma ideia muito boa.

A seleção correta das cores tem a mesma importância da escolha dos móveis, dos equipamentos eletrônicos e do layout das salas.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.